documentos necessários para casar

Você sabe Quais são os Documentos Necessários para Casar? Veja a Lista

Quando você pensa em casamento, qual o cenário que lhe vem à cabeça? Um salão enfeitado, famílias reunidas, muita festa e alegria, certo? Isso faz parte da celebração e é tudo o que os noivos mais desejam. Porém, não podem ser esquecidos o cartório e os documentos necessários para casar.

Se o casal optar por firmar o compromisso de maneira civil, os noivos passarão a ser casados perante a lei, e isso requer alguns processos jurídicos. Quer saber mais sobre isso? Leia neste artigo!

Quais são os documentos necessários para casar?

Existem duas fases no casamento, mas tudo depende da preferência do casal: a religiosa,realizada na igreja relacionada à religião dos noivos, e a  civil, feita em cartório, na qual são decididas as partes legais do matrimônio.

Ambas exigem documentação específica, e o melhor é garantir tudo o que for necessário durante os preparativos para o casamento, com 1 ou 2 meses de antecedência, para que não haja imprevistos.

No caso da cerimônia religiosa, os documentos pedidos são diferentes a depender da religião decidida pelo casal. Mas, para o civil há um padrão.

Documentos necessários para casamento civil

Os documentos necessários para casar no civil devem ser apresentados ao cartório mais próximo à residência dos noivos, caso contrário o tabelião não é obrigado a aceitar o pedido de casamento. São eles:

  • RG original com CPF;
  • certidão de nascimento atualizada (com no máximo 90 dias da data de expedição);
  • comprovante de residência original.

O casal deverá comparecer ao cartório acompanhado de duas testemunhas, maiores de 18 anos, homens, mulheres ou outro casal, que devem portar seus respectivos RGs originais. Vale ressaltar que elas não necessariamente precisam ser os padrinhos que assinarão no dia do casamento.

A concretização do processo pode ocorrer tanto no próprio cartório quanto no local onde será realizada a festa, mediante a presença de um juiz de paz.

Dica extra: regime de bens

É possível escolher, ainda no casamento civil, três possibilidades de regime de bens, que são:

  • comunhão parcial de bens – a mais popular entre os noivos. Diz que tudo o que foi adquirido pelos dois durante o casamento será dividido igualmente após um possível divórcio, bem como as dívidas;
  • comunhão universal de bens – todos os bens e dívidas, ainda que tenham pertencido somente a um membro do casal antes do casamento, passam a ser dos dois, e serão divididos caso haja um divórcio.
  • separação de bens – cada um terá seu próprio patrimônio e nada será dividido diante de uma futura separação.

Importante: a comunhão universal e a separação total de bens exige um pacto antenupcial, que deve ser registrado em cartório.

Quer mais dicas para ter um casamento tranquilo? Acompanhe o blog da Allianze!

Post criado 197

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.